quinta-feira, 11 de agosto de 2016

3 Carmas mais Duros no Brasil

Sempre lutei por uma informação clara e livre. A principal foi retirar o tom pejorativo e "culposo" da palavra CARMA em meu Livro O KARMA E SUAS LEIS.

Mas hoje estou aqui para, justo ao contrário, brincar com este termo e o usar com tom irônico.


Os piores "carmas" no Brasil:

1. O pior carma no Brasil é ser cliente da Vivo! Não há nada pior! Você se aborrece, é mal atendido, a fatura não vem discriminada, você não consegue se logar no site e por vai uma incontável fila de sofrimentos atrozes e carmas ruins;

2. A segunda pior é o câmbio da Wolks I-Motion, a coisa mais imbecil e irritante do mundo. Você pisa fundo, o carro continua parado, e continua parado, e continua parado..., de repente ele sai desesperado e sem controle. Quando você quiser frear o carro é só pisar fundo no acelerador - é o único carro no mundo com DOIS FREIOS!!!!! 

O meu é um UP MOVEI com câmbio pseudo automático I-Motion, mas o melhor nome será I-Mórtion, I-Fódion e outros piores para sermos justos com esse equipamento falso criado para enganar o pobre do consumidor. Meu carro tem um ano, espero ficar livre desta merda logo, não aguento mais!!!

3. Outro carma nojento é ter uma Loja Virtual em Magento, eu até o chamava de Nojento, porque era verdade. Vai dar dor de cabeça assim na P.Q.P., fiquei livre desta m.... graças a Deus!!!! - Não deixem de ler aqui a minha experiência catastrófica com NOJENTO: http://www.websitearte.com/tecnologia/adeus-magento/

Agora preciso ficar livre do item 1 e do 2. Vou mudar para a Internet Copel quando eles chegarem no meu bairro em Curitiba. O que é mais engraçado é que moro num bairro bom, bem legal, a 15 minutos do Centro de Curitiba, a Copel dá a volta total no bairro mas não entra aqui. 

Que saudades da GVT!!!!
Orem por mim irmãos..................


quinta-feira, 30 de junho de 2016

FRATERNIDADE BRANCA CONSELHO CÁRMICO

Textos correlatos sobre mestres






Tags: Mestres, Mestres Ascensionados, Fraternidade Branca, Grandes Mestres, Mestres professores, Mestres frases, Mentores, Amparadores, Amigos espirituais, Orientadores Evolutivos, Serenões, Serenão, Mestres espirituais, Mestres conscienciais, Mestres da alma, Orientador Evolutivo, Engenheiros Siderais, Maiorais Sidéreos, Consciências Livres, Conclave espiritual, Conclave sideral, conselho cármico, senhores do carma, arcanjos, anjos, devas,

sexta-feira, 8 de abril de 2016

Que tipo de Prostituta é você?

Retirado de:
http://espiritismoapometria.blogspot.com.br/2009/05/que-tipo-de-prostituta-e-voce.html

 Posto aqui mais uma de minha polêmica visão: PROSTITUIÇÃO. Creio que além do homossexualismo que fere tanto o ego dos religiosos preconceituosos também o é a prostituição.

Porque religiosos acham que têm que ser "bonzinhos"? O que é este "bonzinho"? É ser moralista, hipócrita, babaca, falso, mentiroso, sem vergonha, ostentador de máscara sacial e religiosa? As vezes o cara já foi "piranheiro" e condena quem é. As vezes o cara continua com vida dupla, sendo piranheiro escondido dos amigos e da família e faz pose de bonzinho na Igreja ou no Centro Espírita. As vezes ele sai com a colega espírita do mesmo centro, ela trai o marido e ele trai a mulher.

Você leitor, talvez religioso padrão, me condena por eu usar palavras vulgares. Não, não sou o tipo espírita que nem a palavra prostituta consegue ouvir ou escrever e prefere a famosa "MERCADORA DE ILUSÕES", mas eu não entro nesta onda de moralismo piegas não!

As vezes o sujeiro está casado com uma "prostituta", mas não sabe ou não admite. Vamos analisar as nuances da prostituição e entender melhor isto.

A prostituta se vende por dinheiro, ela empresta o corpo por alguns momentos em troca de prazer carnal a troco de grana. Mas muitas mulheres casam apenas para ter "ESTABILIDADE", OU MESMO GOLPE DO BAÚ ESCANCARADO. Algumas esposas só "dão" para o marido se ele comprar uma geladeira nova ou contratar uma empregada.

Outras são entupidas. São beatas, puritanas, imoralmente castas e deixam o marido na mão (literalmente).

Então o que você considera prostituição?

Acabei de revelar diversos tipos e graus de prostituição socialmente aceitas. Para mim um tipo de prostituição não tem tanta diferença da outra, afinal eu não dou corda sentimento de culpa e aos decadentes padrões e estereótipos sociais. São bois de manada, seguem a moda, são fúteis e medíocres e não fazem uma análise espiritual mais profunda das coisas. Creio que muitas prostitutas sejam mais dignas que muitas esposas socialmente aceitas.

As vezes o que uma esposa deveria fazer por amor e se omite (com várias justificativas hipócritas) é feito por uma prostituta. Será que esta esposa também não tem alguma responsabilidade neste processo? Será que o desequilíbrio da prostituição não seja apenas um dos pratos da balança onde o outro seja o moralismo e o puritanismo tb imorais?

Quero lembrar que a moral social é relativa e lembrar que na Colônia Nossa Lar, havia um cidadão morando com duas mulheres.

Há gente que acha que pode sublimar o sexo. Isto é possível, mas muito difícil. Sublimar exige técnicas avançadas de bioenergias, técnicas iogues, técnicas respiratórias, pranayamas, etc. E tem gente que está reprimindo crendo que está sublimando. Falta de informação! Falta de sair do caldeirãozinho espírita e arejar o corpo mental em outros ares.

Porque as pessoas possuem tanto medo e paixão pelo sexo? Não, não responda! Seja digno, responda apenas para si! Converse com seu travesseiro. Me xingar ou blasfemar não adianta. Se você se ofendeu é porque toquei em sua ferida e acertei na mosca! Porcure seu psicólogo ou terapeuta de confiança.

quinta-feira, 31 de março de 2016

Pessoas Que Têm Amor Todos Os Dias São Mais Saudáveis, Felizes E Mais Criativas





Envia este artigo a alguém que queiras manter saudável, feliz e artistico – depois vocês os dois que encontrem um quarto. Não precisas agradecer!


Existem apenas poucas coisas que eu consigo fazer nos meus dias mais cinzentos para os fazer parecer um pouco mais iluminados; esta pequena lista inclui aspectos como chorar durante uma hora inteira ao telefone com a minha mãe, comer Doritos e fazer amor.

Isto acabou de ficar bastante pessoal? Bem, é a verdade. Apoiar-me na minha mãe, mergulhar numa taça cheia de burritos picantes da minha marca favorita e soltar a franga são apenas algumas das maneiras certas para eu me conseguir equilibrar depois de um dia mau.

Mas, por alguma razão, fazer amor parece ser o factor mais determinante no meu humor.

Por outro lado, tão dramático como parece, não fazer amor afecta da mesma maneira uma pessoa como eu. Os meus amigos mais chegados conseguem imediatamente perceber quando estou com necessidade de alguma acção da mesma maneira que a maioria é capaz de perceber quando alguém acabou de ter amor.

Quando estou frustrado sexualmente, irrito-me facilmente e torno-me sentimental durante breves instantes.

Quando somos afortunados de ter amor basicamente todos os dias – quer seja numa relação com um parceiro regular ou durante encontros de uma noite (super seguros) – amor pode ser um acto vantajoso para a nossa saúde, felicidade e até mesmo criatividade.

amor é um acto completamente normal em que todos nos envolvemos e uma vasta investigação prova que ter amor diariamente é na verdade incrível para os humanos em vários aspectos. Então porque se manteve um assunto assim tão taboo?

Vamos quebrar as barreiras e discutir porque devemos ter todo o amor que conseguirmos.
Pessoas que fazem amor todos os dias são pessoas mais felizes

Não é nenhuma novidade que nos sentimos a melhor pessoa do mundo após termos feito amor. Mas sabias que estes efeitos se mantêm dentro de nós muito depois de termos baixado os lençóis?

A blogger Brittany Gibbons do Huffington Post partilhou a sua história sobre ter amor todos os dias durante um ano inteiro no seu blog, onde ela expressou um acréscimo de confiança, excitação pela vida e felicidade global.


No início, o compromisso pelo amor todos os dias de Gibbons alterou a sua rotina normal e ela sentiu que poderia estar a acrescentar algum stress desnecessário na sua vida. Mas quando ela e o seu parceiro começaram a martelar os lençóis, tudo começou a se alterar.

Escreveu ela:


“Parou de ser uma tarefa e tornou-se num momento do dia onde me sentia mais em paz. Onde eu podia ter uma conversa verdadeira com o meu marido sabendo que ele estava realmente a me dar ouvidos e não a ver televisão secretamente.”

Ter relações sexuais revela a nossa confiança interior, o que pode ser a razão de nos sentirmos felizes e rejuvenescidos após o acto.

Um estudo da Universidade do Texas revela que os participantes que fazem amor regularmente se sentiam muito mais confiantes em relação ao seu corpo do que aqueles que permaneciam inactivos.
amor é algo natural, também acontece ser algo realmente benéfico para ti

WebMD reporta sobre os beneficíos infinitos em te comprometeres com esses momentos íntimos. Efeitos tão positivos incluem uma corrida (quase) perfeita no sistema imunitário, pressão arterial mais baixa, riscos menores de ter um ataque de coração e um decréscimo do stress e ansiedade.

Everyday Health diz que ter relações sexuais mais frequentemente também ajuda a prevenir uma data de cancros horrorosos, especialmente se atingirmos o orgasmo durante o tempo debaixo dos lençóis.

Uma vida sexual saudável significa igualmente uma vida saudável no geral e é interessante reparar que estes benefícios saudáveis não estão apenas a tomar um lugar dentro de nós.

Ter relações sexuais dá-te um brilho saudável, fazendo te parecer ainda mais sexy. Não podemos esquecer-nos que a beleza vem do interior e não do exterior. Não existe nada mais excitante que uma pessoa saudável que se sente igualmente tão espectacular como faz parecer, certo?

Também gostaria de acrescentar aqui que, pelo menos para mim, fazer amor conta como exercício. Todo aquele bombeamento, empurrões e a brincadeira acrescentam a um exercicio cardiovascular e muscular que deve ser feito todos os dias.
Quanto mais amor temos diáriamente, mais criativos nos tornamos

Psicólogos na Universidade de Newcastle descobriram que os artistas profissionais têm alguns dos numéros mais altos de parceiros sexuais em relação a todos os participantes inscritos.

O que é mais interessante é que somos realmente mais criatos quando combinamos amor com amor. “Psychology Today” registou um estudo comparativo criado para testar niveis de criatividade quando pensamos sobre amor ou luxúria.

Os participantes no estudo foram incitados a imaginar uma longa caminhada com os seus parceiros amorosos numa praia e posteriormente lhes pediram para fazer uns testes de criatividade que foram designados a examinar o seu nivel de produção criativa.

Esses níveis de criatividade apareceram muito mais altos do que quando os paqrticipantes foram incitados a imaginar amor casual com um parceiro de que não se sentiam apaixonados.

De facto, quando as pessoas imaginam amor casual, os seus cérebros tornam-se mais analiticos do que criativos. Poderá ser essa mistura de amor e amor que realmente inspiram a criatividade invés de simplesmente ter relações sexuais com o maior número de parceiros possível?

Talvez esses artistas sejam incompreendidos, à procura do amor em todos os locais errados (e criando arte bonita pouco tempo após).

amor inspira as pessoas a se sentirem mais confiantes, criativas e mais livres que nunca porque é um aspecto necessaário e vital na vida humana. Somos actualmente uma das poucas espécies designadas a apreciar o amor invés de o utilizar exclusivamente para efeitos de acasalamento.

Eu acredito realmente que isso se deve ao facto de, como humanos, nós estamos designados a ser criativos e individuos sociais. Eu certamente me sinto mais feliz e muito mais confiante após ter relações sexuais com o meu parceiro. De facto, sinto-me libertado.

Assim como nos sentimos bem sabendo que fomos bem sucedidos em algo, é incrível saber que somos profundamente amados por alguém ou que somos pelo menos o interesse sexual de alguém.

Ter relações sexuais todos os dias desbloqueia a nossa criatividade assim como tem beneficios para a nossa saúde e felicidade. Então de que estás à espera?

Envia este artigo a alguém que queiras manter saudável, feliz e artistico – depois vocês os dois que encontrem um quarto. Não precisas agradecer!

Frases interessantes de grandes Pensadores

Religião é a filha da esperança e medo, explicando para ignorância a natureza do desconhecido.(Ambrose Bierce)

Duvidar de tudo ou crer em tudo. São duas soluções igualmente cômodas, que nos dispensam, ambas de refletir!(Henri Paincore)

A compreensão não é obra de cultura nem de raciocínio, mas um amadurecimento que se alcança por evolução.(Pietro Ubaldi)

A maioria consiste de tolos, tolos absolutos. Fique alerta da maioria. Se muitas pessoas estão seguindo alguma coisa, isto é prova suficiente de que é uma coisa errada.A verdade acontece aos indivíduos, não as multidões.(Osho)

Os que me falam de religião querem meu dinheiro, que não é muito, ou a minha liberdade que é inegociável. (Pierre Joseph Proudhon)

A vida é como jogar uma bola na parede. Se for jogada uma bola azul, ela voltará azul, se for jogada uma bola verde, ela voltará verde, se a bola for jogada fraca, ela voltará fraca, se a bola for jogada com força, ela voltará com força. Por isso, nunca jogue uma bola na vida de forma que você não esteja pronto a recebê-la. (Einstein)

Mini curso de bioenergias por Wagner Borges

Mini curso de bioenergias por Wagner Borges - 36 minutos diretos - aura, chakras, acoplamento áurico, casais, sexo, prostituição, política, políticos, contaminação energética, moralismo, fanatismo, religião.

Excelente aula para o momento atual que o Brasil está passando 2016.

Este material complementa os textos anteriores sobre sexualidade, recomendo, realmente muito bom, muito esclarecedor.



terça-feira, 29 de março de 2016

Nossos sonhos viajam dentro de seu coração Júlia


Por Dalton C. Roque

Dedicado a pequena Júlia ao perfazer 1 ano de idade em 06/12/2015!
Uma nova alma desponta no ser...

Mais um sonho, mais uma esperança, e sim, algumas lágrimas.

Muitas expectativas cercadas de sorrisos a uma nova manifestação da vida.

Caminhos despontam, e ao piscar de olhos da família, temos uma adolescente.

E adivinhe, algumas decepções amorosas voláteis, alguns artistas e bandas, e claro, talvez os Beatles...

Talvez se deixe levar pelo gosto dos pais, talvez os contrarie, mas isto é insignificante,
Estamos no brilho de uma nova era onde o capitalismo selvagem se depara com a busca da qualidade de vida e a felicidade nas prioridades da consciência,
E há momentos de decisão e de mudança de destino.

Há simples escolhas que são apenas gostos e estilos de vida, mas há decisões de risco que significam muito.

E vemos avós e pais amorosos que acreditam que podem controlar o destino, mas não!
E o amor parental diverge nas opiniões porque a amam,
E desejam o melhor para aquele ser.

E a vida prossegue nas bifurcações das decisões do “destino”,
Mas suas expectativas jamais serão preenchidas, e a única expectativa que precisa amadurecer é a do próprio ser que a vivencia.

Mas como esperar o “racional” numa família?
Não, não é possível!

O amor permeia em ânsias de opinião pela “certeza do melhor”.

Mas um dia a filha cresce e deseja viver em seu próprio espaço físico e psíquico onde só resta observar a distância e desejar o melhor.

Enfim, ela cresceu!

E luta para fazer a diferença no mundo.

Se vai fazer diferença não importa, desde que seja feliz.

E felicidade é o que desejam o casal de amigos...
Viva a Júlia, vida a Júlia, que ela faça a diferença no mundo nos trazendo mais “luz” aos corações!


Dalton e Andréa